Fale Comigo

Blog Listing

Sugar Industry and Coronary Heart Disease Research

Dr lucas homeopatia

Prof. Dr. Lucas Franco Pacheco – Médico especialista em Homeopatia pela AMHB – AMB.

A indústria do Açúcar e as Doenças Coronárias 

No dia 12/09/2016, o The Journal of American Medical Association publicou o artigo: “Sugar Industry and Coronary Heart Disease Research. A Historical Analysis of Internal Industry Documents”, dos autores: Cristin E. Kearns, DDS, MBA; Laura A. Schmidt, PhD, MSW, MPH1; Stanton A. Glantz, PhD.

jama-colesterol-e-acucar

Nesta publicação, os autores fizeram uma análise histórica de documentos e demonstraram que a indústria do açúcar comprou cientistas e forneceu guidelines enviesados durante décadas. Descobriram que pesquisadores de Harvard receberam grandes quantias de dinheiro para minimizar o papel dos açúcares como causadores das doenças cardíacas.

Um destes pesquisadores de Harvard que eram financiados, se tornou chefe de nutrição do Departamento de Agricultura, onde preparou o palco para os Guidelines dietéticos atuais do Governo Federal dos Estados Unidos.

Ao todo, os pesquisadores corrompidos enviesaram com sucesso a literatura científica e ajudaram a transferir a culpa das doenças coronarianas do açúcar para às gorduras, por quase 5 décadas.

A dieta com baixo consumo de gordura e rica em carboidrato e açúcar foi incentivada pelos especialistas da área saúde. Porém as evidências demonstram ser esta dieta a principal causa da epidemia de obesidade da atualidade.

Neste artigo, ficou evidenciado que a indústria do açúcar patrocinou seu primeiro projeto de pesquisa em 1965 para minimizar os sinais de alerta de que a sacarose era um fator de risco para doença coronariana, e as consequências deste fato reverberam até os dias de hoje.

Segue o link para o artigo na íntegra: http://archinte.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=2548255#Methods

Autor: Dr. Lucas Franco Pacheco, Médico com título de especialista em Homeopatia pela AMHB-AMB.

site: www.doutorlucashomeopatia.com.br

 

 

 



Deixe um comentário